6 vantagens proporcionadas pela impressão de exames médicos em papel Área médica

A tecnologia proporcionou muitos benefícios para a área médica: diagnósticos mais precisos, remédios mais eficazes, automatização de processos e, claro, a impressão de exames médicos em papel – que acaba se tornando bem mais em conta do que a impressão em filme dry, além de possuir uma qualidade superior.

Mas esses não são os únicos pontos positivos dos exames médicos em papel.
O aumento da produtividade dos funcionários, o baixo desperdício de materiais e a contribuição com a preservação do meio-ambiente também entram nessa lista.

E para que você saiba mais sobre impressões digitais e como elas podem beneficiar o hospital ou a clínica em que você trabalha, nós, da Helioprint, listamos 6 vantagens proporcionadas pela impressão de exames médicos em papel. Confira abaixo!

Mais agilidade e modernidade para sua clínica ou hospital

Para os usuários, é muito bom saber que a clínica ou o hospital que eles frequentam tem equipamentos e materiais de qualidade. Além de estar sempre se atualizando, isso contribui para a credibilidade do lugar e, claro, com a vantagem de que o diagnóstico será muito mais assertivo.

Se você pode imprimir os exames médicos com mais facilidade, precisão e agilidade, por que continuar investindo em tecnologias ultrapassadas? A impressão de exames em papel agiliza processos e economiza tempo.

As impressoras da Helioprint voltadas para a área médica, por exemplo, imprimem as imagens recebidas diretamente dos aparelhos ou por meio de um software – o que facilita consideravelmente o diagnóstico.

A impressão de exames médicos em papel tem mais qualidade

Exames médicos impressos em papel oferecem um diagnóstico muito mais preciso do que as radiografias convencionais. Isso porque as imagens saem em alta definição, se aproximando ao máximo da realidade e facilitando a leitura do resultado.

Para que os exames em filme dry sejam precisos, o equipamento deve estar muito bem configurado – e esse processo é minucioso. Se o diagnóstico não estiver bem definido, os resultados podem atrasar, fazendo com que o paciente tenha que realizar um tratamento tardio, o que gera muitas complicações. Fora que o médico também pode se enganar quanto ao diagnóstico, dependendo da qualidade do material.

Além disso, as impressoras digitais também proporcionam reconstruções em 3D e a impressão de exames em tamanhos variados, sem perder a qualidade. A clínica ou o hospital só tendem a ganhar com esses benefícios.

Impressão digital ajuda a reduzir custos

Clínicas e hospitais podem economizar até 80% ao optarem pela impressão de exames médicos em papel. Isso porque a impressão tradicional – em filme dry – tem muitos processos e esses processos precisam de investimento, como a sua revelação.

Com o outsourcing de impressão, por exemplo, a manutenção, atualização e reposição de materiais fica por conta da empresa contratada e você não precisa se preocupar com isso ou contratar um profissional para cuidar apenas da parte de impressões – diminuindo os custos consideravelmente.

Outra forma de economizar com a impressão digital é gerenciando as impressões de exames, dando o acesso apenas para colaboradores responsáveis por essa área.

Menos radiação e mais saúde para os pacientes e colaboradores

Como você já sabe, equipamentos de raio-x emitem radiação, diferente dos digitais.
A qualidade do exame em filme dry nem sempre é boa para o diagnóstico e isso faz com que o paciente – e o radiologista – tenham que ficar expostos mais uma vez à radiação.

Na radiologia digital há sim uma carga de radiação, mas muito menor do que nos equipamentos tradicionais e, assim que o exame é finalizado, é enviado para o computador.

No computador o profissional pode tratar a imagem, alterando brilho, contraste, melhorando a qualidade do exame, sem ter que pedir para que o paciente repita o procedimento.

Impressões digitais ajudam na preservação do meio ambiente

Exames em filme dry levam muito mais tempo para se decompor no meio ambiente.
Eles são feitos de plástico e prata. Só o plástico leva mais de 100 anos para se decompor. Já a prata, quando entra em contato com o lençol freático, pode causar sérios danos à saúde e ao meio ambiente.

O papel precisa de três a seis meses para se decompor e é muito mais fácil de ser reciclado. Ou seja, investindo na impressão de exames médicos em papel, além de cuidar da saúde dos seus pacientes, você também contribui com a saúde da natureza.

Tecnologia disponível para a maioria das áreas médicas

Outra vantagem da impressão digital é que, ao contrário do que muitos pensam, ela já pode ser aplicada em diversas áreas da medicina: radiologia, ultrassonografia, ressonâncias magnéticas, tomografias, exames odontológicos e até na medicina nuclear.

Diante de tantos benefícios, o que não dá é parar no tempo.
Como agora você já conhece as vantagens proporcionadas pela impressão de exames médicos em papel e sabe que ela pode reduzir custos, aumentar a produtividade da equipe, contribuir para o meio ambiente e proporcionar diagnósticos mais assertivos, leve essa tecnologia para a clínica, para o hospital em que você trabalha!

Você perceberá que ela facilitará o dia a dia e aumentará a credibilidade da instituição. Até porque, de novo: quem não gosta de frequentar lugares que investem em tecnologia e estão sempre se atualizando? 😉

Para saber mais sobre as soluções de impressão digital para a área médica, acesse nosso site e converse com um de nossos especialistas. E se você também gosta de se atualizar, convidamos você para acessar nossa área exclusiva com artigos voltados para a área médica.

Até a próxima!

 

Sistema de impressão para Clínicas e Hospitais


Thais Antunes

Executiva de vendas especializada em projetos de outsourcing de impressão na área da saúde.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *